Eu fui a Melhor Amiga de Jane Austen.

Autor: Cora Harrison
Número de páginas: 317
Editora: Rocco

Sinopse: Chega ao Brasil o livro: "Eu fui a Melhor Amiga de Jane Austen" da autora Cora Harrison. A história tem o objetivo de introduzir os mais jovens ao empolgante mundo dos livros de Jane Austen. O livro traz uma combinação entre fatos históricos e ficção, apresentando a relação entre as adolescentes Jane Austen e sua prima Jenny Cooper.






“Meu velho e querido admirador – é uma pessoa titulada, sabe – e tem uma grande consideração por mim – até mesmo deixa os outros homens no porto depois do jantar e vem ficar comigo – queria que você ouvisse todos os seus discursos galantes...” – PÁG 33

O foco desta história não é Jane Austen em si, e sim em sua prima Jenny.
O livro começa nos contando sobre a época em que as meninas estavam num internato, e Jane Austen estava muito doente e não queria avisar sua mãe. Jenny sabia que Jane só iria melhorar quando sua tia fosse a escola cuidar dela.
Ela havia sido proibida de mandar uma carta avisando e se quisesse realmente ajudar teria que sair escondida.

“Foi Frank quem apresentou o capitão Williams para sua mãe. Ele se apressara atrás dele e fez as apresentações da melhor forma possível.” – PÁG 206

Ela preparou a carta e esperou o relógio dar meia noite para poder ir ao correio. Naquela época uma mulher andar sozinha há uma hora como aquela não significava coisa boa, mas ela não se importou e foi.
Pelo caminho acabou conhecendo o Capitão Thomas Willians (o que aconteceu de fato) e então a história parece realmente começar a acontecer.
Depois passamos por momentos da adolescência de ambas as garotas – Jenny e Jane – onde elas conversavam sobre os meninos, iam a bailes (incríveis) e começavam a imaginar seus casamentos.

“Henry deu um forte abraço em Jane quando desceu da diligência. Obviamente era sua favorita.” – PÁG 88

Ao decorrer da história diversos casos aparecem inclusive personagens com nomes iguais aos dos personagens das incríveis e maravilhosas histórias da Jane Austen.
Jenny é uma personagem real, e diversas partes de sua história são reais e confesso que o final é realmente incrível.
Tentei emendar comentários da história com os comentários do livro justamente por isso.
A autora fez uma grande pesquisa para poder estar escrevendo esse livro, e eu realmente o adorei. Mas para falar a verdade tudo o que está relacionado à Jane Austen eu adoro, preciso confessar. RS
Como já disse a história pode ter alguns momentos que não sabemos se realmente aconteceram, mas muitos detalhes são reais.
No final do livro a autora nos conta alguns detalhes importantes sobre as cartas e sobre como não existe nada sobre a Jenny, então ela pode criar a personagem sem sua mente sem nenhuma culpa.
O livro é incrível, recebeu minhas 5 estrelas e muito recomendando aos fãn de Jane Austen.
E confesso que eu realmente me senti a melhor amiga de Jane Austen. <3 (muito amor por esse livro gente).

PLAYLIST: Daniel Powter - Bad Day


3 Comentários

  1. AMo amo amo Jane Austen
    qualquer livro que menciona ela, lá vai eu comprar ;-)
    tenho esse, mas ainda não,
    tenho livros demais e tempo de menos
    amei sua resenha!!

    http://www.lostgirlygirl.com

    bjos

    ResponderExcluir
  2. Livro incrivel.
    JANE É TUDO DE BOM

    ResponderExcluir