Cidades de Papel 

Autor: John Green 
Número de páginas: 368 
Editora: Intrínseca 

Sinopse: Em Cidades de papel, Quentin Jacobsen nutre uma paixão platônica pela vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman desde a infância. Naquela época eles brincavam juntos e andavam de bicicleta pelo bairro, mas hoje ela é uma garota linda e popular na escola e ele é só mais um dos nerds de sua turma.
Certa noite, Margo invade a vida de Quentin pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola, esperançoso de que tudo mude depois daquela madrugada e ela decida se aproximar dele. No entanto, ela não aparece naquele dia, nem no outro, nem no seguinte.
Quando descobre que o paradeiro dela é agora um mistério, Quentin logo encontra pistas deixadas por ela e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele pensava que conhecia.





Neste livro vamos conhecer Quentin Jacobsen, um garoto que tem uma paixão meio que platônica pela sua vizinha Margo Roth Spiegelman desde que são crianças.
Margo acha Quentin uma pessoa misteriosa e sempre a observa querendo desvendar esse mistério. 
A vida vai passando e quando ambos chegam no ensino médio, eles acabam se separando e para variar Quentin fica só observando Margo, já que não se aproxima dela. 
Aos poucos e devido a um acontecimento fofo, a amizade dos dois volta, mas um acontecimento estranho acontece. Margo simplesmente não aparece na escola durante vários dias, mas ninguém aciona a policia, já que pros pais dela os sumiços são comuns e ela já é maior de idade.
E assim a história se desenrola, Quentin sabe que a garota vai voltar, ele sente, mas mesmo assim decidi ir atrás dele. E a busca se inicia e nos trás grandes surpresas. 

Acho que todos já notaram meu amor pelo Sr. Green não é mesmo?
E com certeza este livro não alterou meu sentimento por ele.
Cada vez que eu leio um livro dele me apaixono mais, tanto pela história, quanto pela escrita dele.
Sempre leve, cheia de detalhes, cheia de emoções e de personagens apaixonantes.
E este livro com certeza não ficou de fora. 
Cidades de Papel me conquistou MUITO, mas infelizmente não é o melhor livro dele que eu já li, mas mesmo assim não resisti e dei 4 estrelas para ele! ♥

PLAYLIST:
Taylor Swift - Enchanted
Taylor Swift - Last Kiss
Taylor Swift - Picture to Burn
Taylor Swift - Love Story


11 Comentários

  1. Ótima resenha Jac. Adoro John Green também =)

    Xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Mari!

      Beijos e obrigada por comentar.

      Excluir
  2. Eu quero muito ler esse livro! Aliás, acabei de terminar a leitura de A Culpa é das Estrelas (primeiro livro que leio do John Green, e amei, apesar da história triste), e agora eu simplesmente preciso ler todos! rs
    Bjs!
    http://marcasindeleveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. John Green é maravilhoso! Adoro todos ♥

      Beijos e obrigada por comentar.

      Excluir
  3. Preciso ler outro livro do autor. Me decepcionei com ACEDE infelizmente esperava muito mais do livro. Esse parece ser uma boa indicação.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim! Ele é maravilhoso! *_*

      Beijos e obrigada por comentar.

      Excluir
  4. João Verde rsrs Gostei da resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Huahuaha Mami e seus comentários ♥

      Beijos e obrigada por comentar.

      Excluir
  5. Este livro é uma delicia, não tem como não amar a Margo, e os amigos do Q são hilários! Bom de mais!

    http://livrologias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Gosto bastante desse livro!
    Flor, te indiquei pra uma Tag lá no blog!
    Vem cá conferir ;)
    Crescendo em Flor

    ResponderExcluir
  7. Olá Jacqueline,

    Esse livro esta na minha lista de desejados, espero gostar dele também....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir